13 de fevereiro de 2017

O crescimento do precoce e espetacular Mbappé precisa ser observado

Compartilhe nas redes sociais

O Monaco tem o melhor ataque da Europa e conta com uma boa participação de Kylian Mbappé-Lottin na estatística. Aos 18 anos, o canterano do clube do Principado tem sido monstruoso nas últimas rodadas de Ligue 1, conseguindo contribuir de grande forma para a manutenção da liderança da sua equipe. Com um grande desempenho no que normalmente é a fase 'quente' da temporada, Mbappé continua na sua ascensão absurda e precoce. E já dá sinais do que pode se tornar.

Um dos fenômenos no futebol francês. (Foto: S. Mantey/L'Equipe)
Vivo em todas as competições, Leonardo Jardim tem precisado revezar seus jogadores entre as partidas. Mbappé, normalmente reserva da dupla Falcao-Germain, tem aproveitado como ninguém as chances. Contra o Metz, no último final de semana, o jovem anotou um hat-trick - o segundo na temporada - na goleada do seu time. O jogador começa a galgar espaço, inclusive, entre os titulares. São sete gols e cinco assistências em 17 participações na Liga, sendo somente oito como titular.

Não é raro citarmos a Ótima Geração Francesa™ nos debates futebolistas por aí. É sabido a fase espetacular da base francesa, que faz nascer bons jogadores a cada momento. Mbappé é cria do próprio Monaco e dá sinais de que pode ser uma das estrelas dessa geração de ouro que o país espera possuir nos próximos anos. A comparação com Thierry Henry não é ao acaso, embora possamos duvidar da legitimidade dela. 

Mbappé é um jogador a se observar MUITO de perto até o final da temporada europeia. Reúne todos os atributos necessários para um atacante de elite. Tem grande potência física, ótima qualidade técnica (tanto nos dribles, quanto nos arremates) e uma boa leitura de jogo, cada vez mais importante no futebol. Iniciou sua jornada nos profissionais do Monaco como ponta, mas Jardim corretamente utiliza-o como atacante no seu 4-4-2. 

E creio que já planta uma dúvida na cabeça do treinador Leonardo Jardim, que gosta muito de Valère Germain. O francês de 26 anos é boníssimo jogador e ajuda muito as engrenagens da equipe, além de ser um dos líderes do grupo. Mas a fase de Mbappé é tão fulminante que não seria surpreendente se o víssemos como titular na Champions League, por exemplo. O embate contra o Manchester City de Pep Guardiola é um dos mais aguardados da temporada.

Talvez o crescimento de Mbappé seja reflexo do próprio crescimento da equipe, que explora muito bem seus atacantes. É um sistema de jogo muito fluído que potencializa as qualidades ofensivas naturais dos seus jogadores. Os laterais são muito presentes ofensivamente (incisivos pelas laterais, criando situações de cruzamento) e os meias têm qualidade de sobra para gerar chances de gol. Os números dos atacantes utilizados não deixam dúvidas: Falcao tem 22 gols na temporada, Germain tem 12, Mbappé tem 11 e Guido Carrillo possui 8 tentos. 

Um modelo de jogo que potencialize seu talento obviamente ajuda, mas creio que a evolução de Mbappé na atual temporada seja fruto do seu próprio trabalho. Não é normal um jogador da sua idade ter tanta desenvoltura em tantos aspectos do jogo. Há algo diferente nele e isso parece-me óbvio. Claro que é preferível ter calma, mas o rapaz pinta como uma das próximas estrelas do futebol europeu. Talvez demore um pouco, mas seus 18 anos recém cumpridos dão margem para muito crescimento ainda.

Por Nicolas Müller - @_nicolasmuller 

Siga-nos no Twitter: @linhaalta

Deixe um comentário

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores. É necessário estar logado no facebook para comentar.

 

Bem-vindo ao Linha Alta. Site com conteúdo futebolístico.

© Linha Alta 2016

Edited by Douglas Menezes