21 de setembro de 2016

Obediência e neutralização, a tônica de Barcelona 1-1 Atlético de Madrid

Compartilhe nas redes sociais

No momento 14 de “Guardiola Confidencial” existe uma frase que me marcou dita por Martí Perarnau “O futebol é dividido entre quem cria espaços e quem os neutraliza. Quem equilibra os dois terá superioridade no esporte.” Barcelona x Atletico de Madrid no dia de hoje, desculpem o clichê, foi um jogo de xadrez. Dois times padronizados. O Barça no seu tradicional 4-3-3, Atletico no 4-4-2, sem muitas alterações.


O Barcelona desde o início tentou propor jogo na famosa “saída de três” com Busquets aproximando e os laterais dando amplitude. Atlético negava espaços com Griezmann e Gameiro perseguindo o cinco Culé. Intensidade e negação de espaços o tempo todo.


Quando conseguia sair e trabalhar a bola, o Barça tinha uma de suas valências escancaradas: o uso da entrelinha. Com Messi, Neymar, Rakitic e Iniesta, o time catalão conseguia “machucar” o Atletí com suas trocas de passe que esbarravam na ótima dupla Savic-Godín.

Busquets neutralizado pela dupla de ataque colchonera, Sergi e Alba fornecendo amplitude e homens de meio e ataque se movimentando e buscando espaços na entrelinha rival. 

 Quando o Atletico recuperava a bola, Barcelona exercia muita pressão no portador da bola e na linha de passe. Conexões Koke-Griezmann ou triangulações dos Colchoneros foram neutralizados por um Barcelona pra lá de obediente e concentrado. Atletico não teve um momento de sossego com bola.





Foi um jogo pra lá de atípico. Barcelona marcou de cabeça em jogada curta, cruzamento de Iniesta para Rakitic testar. Segundo tempo foi de paciência, com alternância de controle no meio campo, pouquíssimas oportunidades de gol dos dois times. O gol do Atletico saiu em uma falha inexplicável do Barcelona. Falta rápida, com a bola passando entre as pernas de Piqué e Mascherano PATINANDO, sobrou pra Angel Correa finalizar com frieza e qualidade no canto de Ter Stegen. Uma tarde pensante, intensa e turbulenta no Camp Nou.

Deixe um comentário

Todos os comentários postados são de responsabilidade de seus autores. É necessário estar logado no facebook para comentar.

 

Bem-vindo ao Linha Alta. Site com conteúdo futebolístico.

© Linha Alta 2016

Edited by Douglas Menezes